Como cultivar Oncidium

 



Oncidium



Oncidium Twinkle 'Red Fantasy'


Oncidium Wild Cat 'Carmela'

 

Oncidium

(Lê-se ON-CÍ-DIUM)

 

Estas orquídeas são originárias de países do novo mundo (América do Sul) É difícil generalizar quanto às condições de cultivo das espécies, pois é uma família numerosa e está espalhada por habitats tão diferentes como florestas tropicais ao nível da água dos mares e a grandes elevações da cordilheira dos Andes.

São plantas que gostam de boa luz mesmo com algum sol directo nos Oncidium de folhas mais grossas. É de evitar o sol directo nas horas de mais calor para evitar queimaduras nas folhas. A cor das folhas é geralmente verde-escuro, quando as folhas estão muito claras é sinal de que estão a receber demasiada luz.

Os Oncidium são orquídeas que normalmente crescem em temperaturas intermédias a quente. Em média poderemos considerar como mínimas 15-16 graus e máximas de 28-30 graus. Podem tolerar temperaturas mais altas se houver muita humidade no ar e bom arejamento.

As regas vão depender da temperatura, tamanho do vaso e substracto utilizado. Só devemos voltar a regar quando a parte superior do substracto está seca. O excesso de água é o mais perigoso e pode matar a planta. Nos dias mais quentes podemos regar de 2 em 2 dias e em dias mais frios 2-3 vezes por mês. Na época de crescimento deveremos juntar à água de rega um fertilizante para orquídeas em CRESCIMENTO (rico em Azoto) e assim que se começarem a desenvolver as hastes florais, deveremos mudar para um fertilizante para FLORAÇÃO (rico em potássio e fósforo). O fertilizante deverá ser administrado rega sim, rega não.

Os vasos que se utilizam para estas orquídeas podem ser de plástico ou de barro mas também se podem utilizar cestos ou montagens em cortiça. A mistura de substracto (casca de pinheiro, fibra de coco, etc) deve ser regulada pela espessura das raízes da planta. Para plantas de raiz fina, usamos uma mistura também mais fina, para plantas com raízes mais grossas podemos utilizar uma calibragem maior do substracto.

Estas orquídeas devem ser reenvasadas a cada 2 anos e quando os novos rebentos têm cerca de metade do tamanho final. Geralmente é na Primavera.

Depois das flores caírem as hastes florais dos Oncidium não voltam a florescer pelo que devem ser cortadas rente à base dos pseudobolbos.

Para saber mais sobre COMO CULTIVAR ONCIUM, leia os meus artigos mensais na revista JARDINS ou faça o meu CURSO DE CULTIVO DE ORQUÍDEAS.

 

 

 

 

Texto e Fotos de José Santos
Copyright © 1998-2009 [Bichos do Mato]. 
All rights reserved.
Última actualização: Setembro 03, 2009

 

 

 

superior paper . Самая подробная информация flight cases uk на сайте. . Подробности canadian neighbor у нас.